Dia 9 – SEM CESSAR

“Orem continuamente…”
1 Tessalonicenses 5:17

Você já viu uma criança pulando cheia de energia e entusiasmo que não quer parar de falar? Elas continuam fazendo pergunta após a pergunta. “O que isso faz?” “O que você acha disso?” “Vai demorar muito?” “Você está me vendo?” Crianças constantemente falam com seus pais durante todo o dia e fazem todos os tipos de perguntas. Não apenas sobre as coisas que precisam, mas sobre tudo!
Jesus exemplificou essa atitude para nós através da oração. Ele nos mostrou que a oração é uma relação contínua e permanente com o Pai. A oração é um estilo de vida. Assim como uma criança, devemos consultar o nosso Pai durante todo o dia. Ele deseja saber o que estamos fazendo, o que está acontecendo e o que precisamos. E mesmo que um pai possa às vezes se sentir frustrado por perguntas incessantes de seus filhos, nunca o nosso Pai celestial se cansa de nossa companhia.
Em 1 Tessalonicenses 5:17 (NVI), Paulo nos instrui a “orar continuamente.” A Nova Versão King James diz: “Orai sem cessar”, e as palavras na tradução Nova Vida são: “Nunca parem de orar.” Se pensarmos na oração como uma atividade específica que só acontece na igreja ou antes das refeições, fica impossívelvel obedecer esse comando. Quem poderia se ajoelhar e pedir a ajuda de Deus durante 24 horas por dia? Mas se, como Jesus, percebermos que a oração é mais sobre uma relação contínua, de repente, cada momento da vida trará consigo o potencial de uma comunicação reveladora com Deus. Devemos definir tempos de oração diária? Com certeza! O próprio Jesus se retirava para orar nas manhãs (Marcos 1:35). Mas não podemos limitar a oração apenas a esses tempos marcados, temos que andar continuamente em comunicação com Deus.
Jesus tomou cada parte de sua vida e a colocou diante de Deus em oração. Ele agradeceu a Deus (Mateus 11:25). Ele adorou a Deus (Lucas 11:2). Ele pediu direção a Deus (Lucas 6:12-15). Lucas 9:28-29 nos mostra que Jesus foi transformado e renovado pela comunhão com o Pai. Mesmo quando Ele se sentiu abandonado na cruz, Ele clamou a Deus em Sua dor (Mateus 27:46). Cada momento, bom ou mau, tornou-se uma parte de Sua vida de oração, e esse estilo de vida o fortaleceu para fazer o que Deus o havia chamado para fazer. Essa mesma força está disponível para nós.
Não é de se admirar que Paulo disse que devemos orar continuamente! Cada momento e cada emoção é uma oportunidade para a oração. A oração é mais do que apenas uma ação, é quem nós somos. Em todo lugar e em todo tempo, podemos caminhar em relacionamento com Deus. Nunca há um momento ruim para orar!

“Eu nunca oro por mais de vinte minutos a uma hora… mas eu nunca passo mais de vinte minutos sem orar.” Smith Wigglesworth

ORAÇÃO
Pai, obrigado por me dar Seu Filho, um exemplo perfeito de como entrar em Tua presença e ter comunhão contigo em todos os momentos. Eu peço que o Senhor me guie enquanto eu viajo contigo num estilo de vida de oração. Quero que a oração seja quem eu sou. Em nome de Jesus, amém.

ATIVAÇÃO
Leia os Evangelhos (Mateus, Marcos, Lucas e João), especialmente as palavras ditas por Jesus (que pode estar escrito em vermelho em sua Bíblia). Observe as diferentes situações e lugares em que Jesus orou.
Peça ao Espírito Santo para dirigir e redirecionar o seu estilo de vida de oração, para que você esteja em relacionamento com Ele constantemente.

Para um estudo mais aprofundado: Marcos 1:35, Lucas 6:12-15, Lucas 11:1-4, Lucas 18:1-8, Lucas 21:36, Filipenses 1:3 – 5; 2 Timóteo 1:2-4.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s