Dia 28 – EM NOME DE JESUS

Digo-lhes a verdade: Aquele que crê em mim fará também as obras que tenho realizado. Fará coisas ainda maiores do que estas, porque eu estou indo para o Pai. E eu farei o que vocês pedirem em meu nome, para que o Pai seja glorificado no Filho. O que vocês pedirem em meu nome, eu farei.”
João 14:12-14

 

“E eu peço todas estas coisas, em nome de Jesus. Amém.” Se você cresceu indo à igreja, você provavelmente já ouviu isso disse no final das incontáveis orações. Mas você já pensou sobre o que realmente significa para pedir “em nome de Jesus”?

Quando Jesus estava na terra, Ele nos ensinou a orar ao Pai em Seu nome. João 16:23-24 diz: Naquele dia vocês não me perguntarão mais nada. Eu lhes asseguro que meu Pai lhes dará tudo o que pedirem em meu nome. Até agora vocês não pediram nada em meu nome. Peçam e receberão, para que a alegria de vocês seja completa.” Quando Jesus deixou a terra e subiu ao céu, Ele abriu a porta para nós termos uma comunicação aberta com o Pai. Já não precisava de um sumo sacerdote terreno para falarmos com Deus. Jesus se tornou nosso Sumo Sacerdote, nosso intermediário entre o Pai e nós (Hebreus 4:14-15). Ele é o nosso advogado que vai ao Pai em nosso nome e intercede por nós. Através de Jesus, temos acesso ao Pai. É por isso que somos direcionados a pedir por coisas “em Seu nome.” Orar em nome de Jesus é a chave para o poder e autoridade de Deus. E tudo quanto pedirdes, se for a vontade de Deus, Ele vai fazê-lo.

Alguma vez você já tentou fazer algo em sua própria autoridade? Você já tentou dizer a um osso quebrado para ficar curado? Ou as chuvas para virem? Ou uma célula de câncer para se dissolver? Não funciona, não é? Isso porque somos impotentes sem a autoridade do Senhor. A Bíblia diz que todo poder e autoridade vem de Deus (Romanos 13:1). Jesus disse aos discípulos: Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra” (Mateus 28:17-19), e Ele nos equipou, Seus discípulos, para fazermos o mesmo.

Houve um tempo quando os discípulos de Jesus não compreenderam verdadeiramente o poder de Seu nome. No livro de Lucas, lemos sobre a falta de entendimento deles: Certo dia Jesus disse aos seus discípulos: “Vamos para o outro lado do lago.” Eles entraram num barco e partiram. Enquanto navegavam, ele adormeceu. Abateu-se sobre o lago um forte vendaval, de modo que o barco estava sendo inundado, e eles corriam grande perigo. Os discípulos foram acordá-lo, clamando: “Mestre, Mestre, vamos morrer!” Ele se levantou e repreendeu o vento e a violência das águas; tudo se acalmou e ficou tranqüilo” (Lucas 8:22-24). Jesus nos deu este mesmo poder e autoridade. Nós temos a autoridade para acalmar as tempestades, curar os enfermos e ressuscitar os mortos, porque Jesus nos disse que tudo o que pedirmos em Seu nome, Ele fará (João 14:12-14).

Mas o nome de Jesus não é mágico. Ele não produz automaticamente milagres e traz o poder para alguém que só diz: “Em nome de Jesus.” É apenas uma ferramenta poderosa para aqueles que nEle crêem e têm fé nEle (João 14:12). Um grupo de judeus aprendeu isso da pior maneira. Eles não tinham um relacionamento verdadeiro com Jesus, mas eles ainda tentaram expulsar demônios usando o nome de Jesus… e eles falharam miseravelmente. Atos 19:15-16 diz: Um dia, o espírito maligno lhes respondeu: “Jesus, eu conheço, Paulo, eu sei quem é; mas vocês, quem são?” Então o endemoninhado saltou sobre eles e os dominou, espancando-os com tamanha violência que eles fugiram da casa nus e feridos.” Como você pode imaginar, a história se espalhou como fogo “e o nome do Senhor Jesus foi engrandecido” (Atos 19:17). Como cristãos, temos um relacionamento com Jesus e Ele nos deu a Sua plena autoridade sobre o inimigo e seus esquemas. Essa autoridade não se baseia no que você sabe, mas em quem você conhece.

1 João 5:14-15 diz: Esta é a confiança que temos ao nos aproximarmos de Deus: se pedirmos alguma coisa de acordo com a sua vontade, ele nos ouve. E se sabemos que ele nos ouve em tudo o que pedimos, sabemos que temos o que dele pedimos.” À medida que você começar a andar no poder e autoridade que foram dados a você, sei que Deus vai responder muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos” (Efésios 3:20). A hora é agora… apenas peça a Ele… em nome de Jesus.

 

“Jesus não está orando por nós, Ele está intercedendo por nós para que possamos orar. Isto é o que se entende por pedir “em Seu nome.'” Dutch Sheets

 

ORAÇÃO
Pai, obrigado pois Tu tens toda autoridade e todo poder em todas as áreas da minha vida. Obrigado porque em Teu nome, os demônios fogem. Eu peço que o Senhor revele a mim o Teu poder para que eu possa compreender o que significa orar “Em nome de Jesus.” Obrigado por interceder ao Pai em nosso favor. Em nome de Jesus, amém.

ATIVAÇÃO
Submeta-se à vontade e autoridade de Jesus.
Peça que Ele revele o poder de Seu nome a você.

Para um estudo mais aprofundado: João 15:16, João 16:23-24, 1 Coríntios 1:2, Efésios 1:19-23, Efésios 3:20-21, Efésios 5:20, Efésios 6:17-18, Colossenses 3 :16-17; Hebreus 7:24-26.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s